Amigos eu lhes convido, aqui dentro desse bar,
Pra nessa roda de amigos, nossas histórias contar.
Quem já foi abandonado, e já sofreu por alguém,
Vai contando sua história, enquanto a cerveja vem.

Já vivi uma linda história, que foi toneladas de paixão,
Sofri quando ela foi embora, sem me dar explicação.
Se aparecer alguém especial, que não me faça sentir dor,
To fechado pra relações banais, e aberto só para o amor.

Sumiu minha namorada, no Rio Grande ela não está,
Quem sabe em Santa Catarina, ou talvez no Paraná.

Eu vou contar minha história, que já passei muito frio,
Depois que ela foi embora, meu apartamento é vazio,
Sei que fui o culpado, enganei quem mais amava.
Olha a bobagem que fiz, a gente era feliz,
Quem quer demais não tem nada.

Amigos eu lhes convido, aqui dentro desse bar,
Para nessa roda de amigos, nossas histórias contar.

Roda de amigos, com uma viola,
O que é que eu faço sem meu grande amor.
Se ela foi embora, chora viola chora,
Bebendo cerveja e falando de amor.

Uma viola, roda de amigos,
O que é que eu faço sem meu grande amor.
Se ela foi embora, chora viola chora,
Bebendo cerveja e falando de amor.

Traz mais cerveja garçom, agora vamos beber.
Contamos nossas histórias, e ninguém mais vai sofrer.
Aqui dentro desse bar,
Foi pra ficar na memória.
E esta roda de amigos,
Marca pra sempre uma historia.

Vídeo incorreto?