O meu pobre coraçao foi igual potro fogoso
Nao aceitava carinho e nunca foi carinhoso
Mas hoje o meu coraçao e manso e melindroso
O meu coraçao agora tambem ja caiu na espora
De um rostinho mimoso

Coração, coração redomão
Que pulou, pulou, pulou
Mas ficou de redeas no chão

Caboclinho delicado e bonito de feição
Menino passou o laço e me chegou no morao
Agora estou amarrada e presa nas suas maos
Com carinho e muito jeito malvado invadiu meu peito
E ganhou meu coraçao

Coraçao, coraçao redomao
Que pulou, pulou, pulou
Mas ficou de redeas no chao

Eu estou bem amarrada que nem potro no esteio
O menino com carinho me ariou e pos o freio
Tive que aceitar o amor e nao tive outro meio
Essa paixao esquisita, coraçao que ja fez fita
Teve que aceitar o arreio

Coraçao, coraçao redomao
Que pulou, pulou, pulou
Mas ficou de redeas no chao

Coraçao, coraçao redomao
Que pulou, pulou, pulou
Mas ficou de redeas no chao

Vídeo incorreto?