Você é linda

Mas seu destemperamento

Tira todo o seu tempero

E exige todo o meu talento

Na sua vida existe um arrependimento

Escuta bem

Nossas palavras nunca foram inocentes

Sempre flechas apontadas para o coração

Os cupidos de nós mesmos esculpidos nas paredes

De um templo em construção

E o tempo pode até recitar

Discursos sobre a solidão

Que a vida improvisará

Nosso encontro em meio à multidão

Você é linda

Mas seu destemperamento

Nesse tom de desespero

Tira todo o meu respeito

Não quero mais saber de desentendimento

Mais do que já tem

A verdade e suas faces tão quadradas

Cada um tem o seu lado e não muda de opinião

Nossas chances nunca foram calculadas

Mas você pela metade eu prefiro dizer não

E o tempo pode até recitar

Discursos sobre a solidão

Que a vida improvisará

Nosso encontro em meio à multidão


Eu sei
Como um ponto de fuga qualquer

Uma brisa que arde ao olhar

Mas não dá pra evitar


Todo o seu tempero
Com todo o meu talento

Se acalma e vem

Vídeo incorreto?