Já faz um tempo que eu me entrego às ruas frias
Dos bares, praças e esquinas de Curitiba
Já faz um tempo que não há novo
A multidão sempre a mesma rosto a rosto

Já faz um tempo que eu tolero as minhas dúvidas
Sob o olhar estranho de pessoas mudas
Cruas como o pinhão que cai das árvores
Esperando o verão que chega tarde

Sem pedir licença

Ahora quiero viajar
Conocer latinoamérica
Podría ser Uruguay
Mujeres y su música

Ahora quiero viajar
Conocer latinoamérica
Armo el bolso y me voy
No se quando voy a regressar

Talvez eu teja sendo um tanto egoísta
Um velho lobo abandonando a matilha
Uivando para ninguém na madrugada

Vídeo incorreto?