Andamos em voltas retas
Na mesma esfera,
Onde ao menos nos vemos
Porque a névoa passou.

A chuva no chão revela,
Os olhos por trás.
Há que levar os restos
E o que o tempo queimou.

Tens fios de mais
A prender-te as cordas,
Mas podes vir amanha,
Acreditar no mesmo deus

Tens riscos demais,
A estragar-te o quadro.
Se queres vir amanha,
Acreditar no mesmo deus

Devolve-me os laços, meu amor!
Devolve-me os laços, meu amor!
Devolve-me os laços, meu amor!
Devolve-me os laços..

Andamos em voltas retas
Na mesma esfera
Mas podes vir amanhã
Se queres vir amanhã
Podes vir amanhã

Tens riscos de mais
A estragar-me a pedra
Mas se vieres sem corpo
À procura de luz

Devolve-me os laços, meu amor!
Devolve-me os laços, meu amor!
Devolve-me os laços, meu amor!
Meu amor
Meu amor

Vídeo incorreto?