Deixa
Eu mesmo quero resolver os meus dilemas
Deixa
Quero escrever embora esteja com as mãos trêmulas
É assunto meu sei que ninguém dá solução
Tudo quanto sofro vou dizer nessa canção

Deixa
Quando ela ouvir os meus poemas vai chorar
A consciência vai lhe castigar
Perdão não quero nem vou perdoar

Deixa
Meu sofrimento um dia vai ter fim
Os meus poemas vão falar por mim
De todo mal que o amor me fez
Deixa
A razão dizer quem tem razão
E o fantasma da ingratidão
Se retira com desfaçatez

Vídeo incorreto?