Onde vi
estrelas nuas e haraganas
quase iguais a ti
Era um rancho
ou um país a nossa cama
nos confins do Chuy

Eram línguas
brasileira e castelhana
de sabor igual
Numa festa
tão bonita e tão profana
quanto o Carnaval

Eram homens e fuzis
violando as rosas
Violentando a luz
Eram menos
que as manhãs maravilhosas
Que a paixão produz

Um romance
estrangeiro e suburbano
Era igual ao dia
Era claro
como as noites em que amamos
E a democracia

Vídeo incorreto?