Sou um andarilho aventureiro sim senhor
Tenho inimigos e amigos de montão
Tenho um cavalo e um cachorro companheiro
E um amor guardado em meu coração

Não me faz falta o requinte da cidade
Não tenho inveja de ninguém sou do sertão
Na noite fria eu acendo uma fogueira
Com uma cachaça eu aqueço o coração

Chegando a noite vou dormir numa caverna
Ou num barraco que encontrar na solidão
E o meu lobo sempre me faz companhia
Se há perigo ele serve de guardião

Se uma mulher pede uma carona
Minha garupa respondo foi reservada
Nem que eu queira meu cavalo não aceita
Ele conhece o cheiro da minha amada

Não sou mocinho nem herói não sou bandido
Se tem encrencas sempre resolvo no braço
Entre montanha eu sou metade feliz
A outra metade sente falta de um abraço.

Vídeo incorreto?