És um engano ao provar
És mel que se fez amargar
O fogo quente que ateei
E o sonho que não viverei...

Como posso dizer que te amo?
Se o que sinto não sei explicar...

Tu és desejo no meu passado
Foste a razão de eu acordar
Ainda lembro o teu beijo molhado
E ainda sei o que senti
Pois não te menti...

Só mesmo tu para mostrar
Que vives com asas de sonhador
Mas vai!... e leva a dor
De quem finge o amor

Como posso mostrar que te amo?
Se a lembrança me faz duvidar

Tu és desejo no meu passado
Foste a razão de eu acordar
Ainda lembro o teu beijo molhado
E ainda sei o que senti
Pois não te menti...

Descobri a verdade que há
Escondida no lado de lá...

Como dizer que te amo?
Se palavras não sei inventar

Tu és desejo no meu passado
Foste a razão de eu acordar
Ainda lembro o teu beijo molhado
E ainda sei o que senti
Pois não te menti...

Finges sofrer
Finges amar
Finges a culpa que faz chorar

Finges a dor
Como um actor
E não mereces o meu amor...

Tu és desejo no meu passado
Foste a razão de eu acordar
Ainda lembro o teu beijo molhado
E ainda sei o que senti
Pois não te menti...

Vídeo incorreto?