Eu sou o bom Pastor,
eu dou minha vida por vocês
Ele foi ferido pelas nossas transgressões,
e moído pelas nossas iniqüidades
O castigo que nos traz a paz estava sobre Ele
Humilhou-Se a Si mesmo, sendo obediente até a morte
Ninguém tem melhor amor que este: de dar a sua vida em favor de seus amigos

Imagens tão intensas, o universo a observar
O silêncio contagia, ninguém sai de seu lugar
Cada anjo vê Jesus levando a cruz

Assumindo os pecados que não eram Seus
Cenas de horror, na história de um Salvador

Não há amor maior que dar o Filho pra morrer
E Ele se entregou, se fez réu e protagonizou
as cenas do mais puro amor

A cruz se ergueu ali, e com seu corpo a sangrar
Suas forças Lhe faltavam, e não podia respirar
Mesmo assim Ele tudo suportou [tudo suportou]

Assumindo os pecados que não eram Seus
Cenas de horror, mas a minha vida ali salvou

[Cenas!], o silêncio do Pai
[Cenas!], os pecados do homem
As feridas abertas, açoites tão cruéis
[Cenas!], minha culpa levou
[Cenas!], minha alma curou
[Cenas!], no seu sangue agora
Ah! Livre sou

Vídeo incorreto?