Dois caminhos pra sentir
Duas estradas pra seguir
E um lugar pra se fugir

Dois mundos diferentes
Dois extremos tão distantes
Juntos por um grito tão dissonante

Quando o vento traz
A verdade crua
Como se isso fosse sangue vivo

Prefiro te esquecer
Pra não ter que te perdoar

No caminho sempre existe
Uma freira sensual
Que se transforma em sexo casual

Entre o sofrimento e a moda
Se você quiser saber
É lógico que eu prefiro sofrer

Vídeo incorreto?