Fantasma


Todo esse tempo desperdiçado e
Todo esse tempo que passou
Você ainda está esperando por mim

Toda vez que você sair de casa
Lembre-se você não está seguro
Mas você quase nunca está

Todas as vezes que eu poderia
Jurar que ouvi você falar
E falou em voz tão baixa

Sobre
Se você pudesse escolher
Você escolheria não sentir
Porque você quase nunca é feliz

Às vezes eu me pego
De pé naquele passo
E os olhos tão negros e inseguros

Percebendo que não é onde eu quero estar
E não é onde eu quero ir

E eu não quero me gabar
Eu não quero discordar
Mas eu sinto que você não consegue ver

Para amar você tem que ser
Tudo o que você pode ser
Mas, principalmente, você tem que amar a si mesmo

Todo esse tempo desperdiçado e
Todo esse tempo passou
Você ainda está esperando por mim

Ah, e se eu pudesse escolher
Eu escolheria por não sentir
Porque eu sou quase nunca feliz
Quase nunca sou feliz

Você, você, você ... Siga-me feliz