Quebre minhas cordas


A curva que se estendia desde as minhas mãos até os meus pés
Sem perceber hoje novamente estou liberto
Dentro de mim não restou energia para sacudi-la
Nem sequer um pouco
Minha mão esquerda estendida, o quão longe ela vai?
A minha mão direita só fica tremendo

Eu quebro minhas cordas na direção que brilha
Amarrado em minha pele com tanta força, você me diz o que fazer
Você nunca vai chegar a minha alma
Eu vou queimar sua pele com tanta força, o desejo na minha mão

Escondi a afiada faca enferrujada
Não consigo voltar ao que eu era antes
Não importa o que diga, não há o que fazer
Digo isso a mim mesmo todos os dias
Agora é apenas fazer o máximo possível
Para revelar os meus pensamentos

Eu quebro minhas cordas na direção que brilha
Amarrado em minha pele com tanta força, você me diz o que fazer
Você nunca vai chegar a minha alma
Eu vou queimar sua pele com tanta força, o desejo na minha mão

Eu quebro minhas cordas segui o caminho
Eu tenho a razão pela qual, já chega de todas as mentiras
Você nunca vai chegar a minha alma
Você sabe, você sabe, o desejo na minha mão

Eu quebro minhas cordas na direção que brilha
Amarrado em minha pele com tanta força, você me diz o que fazer
Você nunca vai chegar a minha alma
Eu vou queimar sua pele com tanta força, o desejo na minha mão

Eu quebro minhas cordas segui o caminho
Eu tenho a razão pela qual, já chega de todas as mentiras
Você nunca vai chegar a minha alma
Você sabe, você sabe, o desejo na minha mão