Começa o baile, seu sanfoneiro
Deixe de lero, eu paguei pra dançar
O sereno cai, o dia vem
Olha a cera, tá na hora de começar o xerem

Tá, tá, tá na hora sim senhor
Oxente, por que você não começou
O zabumbeiro, e o triangleiro tá cheio de gás
E a mulherada tá dançando tá querendo mais
E a rapaziada caprichando na cachaça
E eu aqui nesse forró no meio da massa

E a massa grita
Olha a cera, sanfoneiro
Olha a cera, sanfoneiro
Sanfoneiro, olha a cera

Vídeo incorreto?