No interior do inusitado Pará,
nos arredores comuns de Ipatinga.
Em São Paulo ou então no Ceará,
no sertão do calor da caatinga.

São explorados de sol a sol,
almas sofridas que lutam pra viver.
São explorados por pessoas desumanas,
pessoas fortes que sofrem por sofrer.

Adolescentes trabalham 15 horas,
perdem a infância e param de estudar,
são ensinados a calar e obedecer
e quando gritam ninguém quer escutar.

E quando é à noite saem pra rua
não tem escolha tem que alimentar,
trabalho triste sujando seu corpo
e quando gritam ninguém quer escutar.

São explorados de sol à sol,
almas sofridas que lutam pra viver.
São explorados por pessoas desumanas,
pessoas fortes que sofrem por sofrer.

É no garimpo é na praia, é na colheita de café,
é na cidade que te exploram e te roubam a pouca fé.
Exploração comercial, ralando de sol à sol,
criança, homem e mulher, perdendo a pouca fé

Vídeo incorreto?