O rio grande me deu tanto coisa
Que eu me orgulho em poder falar
Me deu o laço e também o cavalo
Meu deu o pampa para camperiar.
Deu a bombacha, bota e espora
E um revolver que no cinto brilha
E também o nome de gaúcho
E a descendência do herói farroupilha.

Deus é um gaucho me deu esta voz
E eu canto alto e ela não me embucha
Me deu dom para ser um cantador
Para cantar nossas canções gauchas.
Me deu também muita inteligência
Pra fazer versos para o mundo inteiro
Meu deu também essa profissão
E assim eu posso ganhar o meu dinheiro.

O rio grande me deu o mate amargo
Que muito orgulha nossa tradição
As carreiradas, fandango e rodeio
Me deu a rancheira, xote, o vanerão
Me deu também um estilo campeiro
E um sotaque bem diferente
Meu deu a china que eu adoro tanto
E ao lado dela eu vivo contente.

Deus é patrão da estância do céu
E eu na terra sou um peão sem luxo
Criou pra nós o Rio Grande do Sul
E o Rio Grande criou o gaucho.
Deus acompanha nossas camperiadas
Ele nos guia por onde quer que ande
Por isso tudo quero agradecer
Muito obrigado deus e o Rio Grande.

Vídeo incorreto?