Eu venho vindo de longe de uma querência modesta
Porem pra tudo se presta e ali se vive com gosto
Nasci no mês de agosto por isso sou um leão
Me cuido até do que eu falo
Pra não deixar que outro galo venha ciscar no meu chão.

Ninguém me bota bucal, sou xucro por natureza
Nunca liguei pra despesa quando entro numa farra
No braço de uma guitarra eu canto aos quatro ventos
Eu tenho fé no meu santo
Tudo que faço garanto não deixo frouxa r um tento.

Por mais que seja o perigo não me arrepia o cabelo
Conheço até pelo pêlo o pingo que é corredor
Na cancha reta do amor nunca perdi uma carreira
Conheço o jeito de amar
Conheço até no olhar a china namoradeira.

Nunca fugi de peleia, pra macho não faço arrego
Eu durmo em qualquer pelego quando se ajeita um cambicho
Eu nunca corro de bicho sem ver o pelo primeiro
Eu nunca digo aonde vou
Meu rumo Deus que traçou, pois ele é o meu parceiro.

Vídeo incorreto?