A vida do pobre já não tem mais graça
Preciso casar com uma moça ricaça
Preciso casar com uma moça ricaça
A vida do pobre já não tem mais graça

O sapato apertou no meu pé companheiro
Estou com saudade do velho cruzeiro
O problema é real, acredite parceiro
Eu já não sei mais qual a cor do dinheiro.

O direito do pobre é estar sempre troto
Ele n~çao conhece o tal de conforto
É um barco furado que não si do porto
O pobre descansa só depois de morto.

Não agüento mais comer pão com banana
Eu quero uma esposa bem cheia da grana
Todo dia almoçar e tirar a pestana
Dinheiro no bolso e chazinho na cama.

Vídeo incorreto?