Um compasso de cordeona
Surungando Emcambichado
Conheci Neca Maria
Crinuda lá do Povoado
Recebia a Gauchada
No ambinente Enfumaçado
Chinaredo Caninana
Sarandeando pros dois lados

Quem por lá mate o focinho
Fui aprendendo a lição
Canha pura e beliscão
Oiga ambiente animado
Solteirão fica casado
Alegrando o coração
Á bitoquinha e vaneirão
Entra rico e sai pelado

Vem cá, vem cá, aqui nois dancemo assinm
Vem cá, vem cá, paga mais uma pra mim
Vem cá, vem cá, moço não seja ruim
Vem cá, vem cá, meu dinheiro tá no fim

Quando chega um carreteiro
De cruzada repentina
Quase se rasga á unha
Por carne nova as teatina
Neca Maria apasigua
A penteado na brasina
O garito é da fulana
Vai chegar tua vez menina

Vídeo incorreto?