Não tire a minha terra
Não tome o chão que é meu
Não quero a tua guerra
Só quero a minha paz
Não quero o teu dinheiro
Não quero ter demais
Eu quero ter o bastante, o suficiente
Pra viver decentemente...

Não tenho as armas que você usa
Nem a força que você tem
Não tenho cheque, nem documento
Mas não devo pra ninguém
Não quero sangue, não quero guerra
E não gosto de matar
Mas não tente tomar a terra
Porque não vou calar

Você tem tudo e eu não tenho nada
Só a terra que você quer
Não trapaceie nos documentos
Que esta terra tem quem quer
Faz trinta anos que aqui moro
E não sou de guerrear
Mas não me tente tomar a terra
Porque eu não vou me calar

Você tem carro e eu só tenho enxada
Tem diploma e eu não sei nem ler
Não me apareça com documento
Que eu também sei me mexer
Não quero briga, não quero guerra
Porque sou homem de paz
Mas não me tente tomar a terra
Que vai ver do que sou capaz

Vídeo incorreto?