Onde vou descansar minha asa
Em que casa abrigar minha dor
Seja onde for
Seja o que for
O vôo não cansa, nem se acaba
O coração que desaba
Não esmaga o amor

Seja o que for
Seja onde for
Onde mora a felicidade
Que cidade esconde a paixão
Andando, vou tangendo a saudade
É um rebanho, é tanta ilusão

O aboio que tange o rancor
O acalanto que adormece o ciúme
Seja o que for
Seja onde for
Onde vou descansar minha asa
Não será pra viver sem amor

Vídeo incorreto?