Violão, cavaquim, pandeiros, cantores e flautas
venham já, por aqui, comentam que faz muita falta
o tempero bom, cheiro mais que bom
do choro que vai cozinhar
feijão é que segura o vão
mas choro é quem manda na fome do meu coração
coração, escolhe o melhor do cardápio
que o mestrer Patápio vem dar numa canja mais um lição.
Violão, cavaquim, tô aqui
pandeiros, cantores e flautas, venham já, é prá já
tudo bem, tudo em paz, na sala o choro não tarda
vai chorar de vez, toda santa vez
que Hermerto for improvisar
sutil e delicado som, num prato, num garfo
ou no acordeon
Vai chamar Nazareth, Pixinguinha e os Oito Batutas
enquanto batucam os ingredientes lá no caldeirão.
É como um sonho bom
ver em luz de neon
Chiquinha descer do céu de braço dado e Noel
Oh! abram alas e um véu
Heraldo tira o chapéu e vem tocar
violão, cavaquim de cordas e notas tão vivas
que dá prá esquecer essa fome
que a fome de choro estancou.

Vídeo incorreto?