Quando a inspiração bate na porta
Entra e traz consigo o tempo bom
Faz do sentimento o dom
Traz uma palavra, um som
Traz por um momento
A chave que abre o coração
O elo, a luz, a criação

Quando a inspiração liberta a alma
Ela dá as costas à razão
Solta a imaginação
Leva o sonho pela mão
Traz na mais perfeita harmonia
Devaneio, fantasia, ilusão

Quando ela parte, vai embora
Sai sem avisar, desincorpora
A sensação de invalidez, solidão
De abandono, nostalgia
Invade o corpo, até que um dia
Ela volta e prenuncia outra canção

Vídeo incorreto?