Sem querer fui entrando num desespero
De te amar feito um louco de corpo adentro
Mendigando o teu beijo a todo momento
E fazendo de mim mesmo um só tormento

Como a lua que brilha no firmamento
Como o sol que aquece o meu caminho
Como a noite que chora do meu lamento
Sou mais um que desperta longe do ninho

Meu caminho é deserto e tenebroso
Meu cavalo alazão só me faz carinho
Quando durmo ou me perco no pensamento
Ele fica chorando
Pobre bichinho...

Vídeo incorreto?