Pesando passo longas noites sem ter horizonte
Navego num mar de saudades ao lembrar de ti
Meus olhos são gotas de rio sob a tua ponte
Que liga a estrada de um sonho que de amor
vivi

Me perco em noites vazias com meus
Pensamentos
Revivo tão belos momentos feitos de paixão
Escrevo na vidraça nua os meus sentimentos
Teu nome meu amor está dentro de um coração

Vai milonga triste na noite serena
Cantando a falta daquela morena
Que o perfume no poncho ficou
Vai junto comigo seguindo caminho
Milonga triste que canto sozinho
Choro a saudade que ela deixou

Me perco......

Vídeo incorreto?