Já posso ver que Tu estás aqui olhando-me nos olhos
como nunca alguém olhou pra mim!
E o Teu olhar retira a solidão que, às vezes, vem
ficar
tirando a luz do coração.

E em meio a tanta gente que se põe à Tua volta, para
ouvir Tua voz,
consegues enxergar onde estou
e, olhando-me nos olhos, Tu me chamas pelo nome.
Digo o Teu nome e aceito o Teu amor.
Digno de todo louvor e adoração!


Somos Tua descendência, povo santo, raça eleita,
e, ao som de nossas vozes, nós queremos Te adorar!
Que proclamem nossos lábio: Canção Nova, sempre santa!
Que o meu canto apresse o Céu,
e que leve o mundo inteiro a Te adorar!

Vídeo incorreto?