Tudo valerá, viver não será mistério, o amor não será
provérbio
Se eterno tornar-se o meu sim, se tudo estiver ligado
ao teu verbo eterno
Por certo estarei bem perto de ser do amor aprendiz
Se minha vida em tuas mãos estiver
Se a seiva da minha fé, brotar da videira, Senhor.

Sempre haverá luz, se a porta eu deixar aberta pra
estrada não estar deserta.
Terei tua mão meu Senhor, feito criança, eu quero
dormir em teu colo de Pai
Viver em tua companhia, é tudo que quero meu Deus

Tudo tornará, tão simples e tão sincero, tão puro e
tão singelo
Com gosto e cheiro de céu. Clara luz do céu que
dissipa o poder das trevas
Que brônzea o trigo na terra
Vem minha alma acender dentro de mim, eis minha vida,
meu sonho, inspiração
Do fundo do coração, respondo Senhor eis-me aqui.
F7 Bb F/A Eb Bb Eb Bb Cm F7

Clara luz do céu...

Lálálá...

Vídeo incorreto?