A estrada que me leva é real
O destino que me espera também
Cumpro a sina de carregar sobre os ombros
O peso das palavras que aliviam o mundo
Tal qual herói que estabelece uma cruzada
Para recuperar um antigo valor sacramental

Sigo a seguir a inconclusào das rotas
insistindo em retirar a vida da linha do tempo
e descobrindo a arte de reconciliar os contrários
porque em minas o sagrado não se opõe ao profano,
mas perpassa-o, transforma-o e plenifica-o.
no canto das lavadeiras,
o magnífico proferido pela virgem maria se atualiza
e nas cordas das violas apaixonadas
deus dedilha os seus acordes eternizados
em minas tudo é dom
tudo tem um tom
e tudo nos fala de amor
no mínimo de minas
há um máximo de brasil.

Vídeo incorreto?