Confesso estar sem jeito de pedir um abraço teu
Tem coisas que a gente desaprende se não faz
Mas hoje não tem jeito eu preciso estar aqui
Lembrei-me do amor que tens por mim
Durante muito tempo eu busquei seguir a lei
A obediência cega fez refém meu coração
Perdido em tantas regras eu não soube te ouvir
Aos poucos deixei de ser feliz
Quanta saudade de ter ver assim tão perto e sem segredos
Olhar nos olhos sem temer a luz que mostra os meus defeitos
Reconhecer quem sou, reacreditar que posso ser melhor
Teu olhar desperta em mim o desejo de voltar
Recomeçar, reaprender a ser amigo sim
Que seja assim, do início ao fim o amor é minha lei
Quanta saudade de ter ver assim tão perto e sem segredos
Olhar nos olhos sem temer a luz que mostra os meus defeitos
Reconhecer quem sou, reacreditar que posso, reacreditar que posso ser melhor

Vídeo incorreto?