Quando a dor me ofender, quando alguém me machucar com gesto ou palavra, vou olhar na direção do teu amor e dizer:

Ó meu senhor. Du quero ter um coração igual ao teu. ó meu senhor! eu quero ter um coração igual ao teu, que não alimente mágoas nem rancores, que não leve o fardo da ingratidão. dá-me um novo coração.

Ó meu senhor! Eu quero ter um coração igual ao teu. ó meu senhor! eu quero ter um coração igual ao teu.

Quando a dor da traição, quando a cruz da solidão pesar sobre os ombros, vou andar na direção do teu calvário e pedir:

Ó meu senhor. Du quero ter um coração igual ao teu. ó meu senhor! eu quero ter um coração igual ao teu, que não alimente mágoas nem rancores, que não leve o fardo da ingratidão. dá-me um novo coração.

Ó meu senhor! Eu quero ter um coração igual ao teu. ó meu senhor! eu quero ter um coração igual ao teu.

Quando alguém me injustiçar, quando me caluniar com o peso do ódio vou buscar a luz que nasce do teu peito e dizer:

Ó meu senhor eu quero ter um coração igual ao teu. D meu senhor eu quero ter um coração igual ao teu, que não alimente mágoas nem rancores, que não leve o fardo da ingratidão. dá-me um novo coração.

Ó meu senhor! Eu quero ter um coração igual ao teu. ó meu senhor! eu quero ter um coração igual ao teu.

Vídeo incorreto?