Seduz-me,
reduz-me a pó, deixa-me só.
Quero ficar a olhar
o teu corpo de rainha
e saber que vais ser minha.
Quando quiser,
descobrir se és minha,
fantasma ou perdicao.
No carro, na cama, no chao,
perceber o teu prazer
e dar-to como mo das.
Talvez seja melhor no banco de tras!

Nao da, nao da!
Levar-te a ver o mundo
sem que largues o sofa.
Nao da, nao da!
Queres fazer amor comigo
sem tirar o wonderbra!

Prende-me dentro de ti,
deixa-me aqui
sentir o pulsar do teu coracao.
A tua mao contra o meu corpo,
assim o deixa quase que morto,
vibrando enrolado com todo o pecado
com toda a paixao,
à espera da fera que dorme dentro de mim.
Isto nao vai ficar assim...!

Refrao

Vídeo incorreto?