Ajoelhou tem que rezar
Se nasceu tem que regar

Se nasce bispo, tem que rezar o terço
Se nasce índio, a floresta não tem fim nem começo
Se nasce plâncton no mar, ardentia tem que brilhar
Se nasce estrela cadente no céu, vai deslizar
Nascemos semente mas tem que regar, regar, regar

Sou egípcio oiê, sou egípcio oiá

Se nasce guerreiro da paz, vai ter que lutar um pouco mais
Se nasce forrozeiro e regueiro, vai ter que dançar primeiro

Nascendo uma idéia pra poder cantar é só sintonizar
Nasce o sentimento

Mas tem que regar, regar, regar

Quem vai quer planta, joga a semente
Quem vai querer regar, fazendo a mente

Todo dia nascendo milhões
Dólares vão pastar vão comer dólares
Onde é que estão nossos valores