Porque sim
Vale tudo na selva dos sentidos
Porque não
Dois caçadores não se caçam
A cara e a coroa se contestam
E o tempo é pouco
Porque sim
As garras não seguram o nada
Apesar de acreditarmos nas nossas mentiras
No jogo da vida
É doido perder nessa terra de feras sem lei
No super real tudo é belo
Nas taças do amor bebemos todo o sonho
Explosão deserta, há um grito em meu peito
Meu coração voou de dentro
Porque sim
Somos mosaicos de momentos
Porque não
Sempre tentamos penetrar na festa cravados na mente o sim e o não
Na escolha a gente cresce
Ou some de vez
Porque sim, porque sim, porque sim
Porque não...

Vídeo incorreto?