Agora que a velocidade é tanta
Agora que aparentemente não
Importa se eu ficar parado aqui
Ou me mover em qualquer direção

Agora que a cidade está tamanha
E não se encontra mais a vastidão
Longínqua de um deserto, uma montanha
Agora que não há mais solidão

Preciso encontrar a derradeira
Fronteira adormecida da paixão
Me diz que eu vou voando até além da beira
Precipitar meu coração

Queimar de vez os medos na fogueira
Quebrar os cercos sóbrios da prisão
Atravessar o mar, a paz, a cordilheira
Precipitar meu coração.

Vídeo incorreto?