Começo mais um dia comum, sem problema nenhum
Acordo cedo em jejum, vou pra rua...
Pessoas apressadas já caminham nas calçadas
Enquanto outras chegam quase sempre bem cansadas

O sol da manhã entra pelo o para-brisa
Ofusca a visão e ao mesmo tempo me avisa
Que o tempo ta correndo e eu no transito atrasado
Já começou errado, esse dia ensolarado

Esse vai ser melhor que ontem, depende
Mas acho que hoje não é o meu dia entende?
E o que fazer quando nada rende, ninguém te compreende
Os problemas brotam na sua frente

Só que uma sensação roubar o gás
O amanhã depende da corrida, que faz
O hoje, mas não deu, ficou na história
O dia pra esquecer, apaga da memória

Hoje não deu mas talvez dê amanhã...
Alguma coisa eu senti, hoje quando acordei
Me questionei, refleti, de imediato pensei
Não era meu dia, não era meu dia...

Não era pra ser dessa, eu só lamento
O tempo se conduz sem pressa, eu e meus questionamentos
Um milhão de pensamentos nesse momento
Sem noção de espaço e tempo, meu sentimento

Aumento o volume, movimento, verde resume
Isso me leva ao cume do conhecimento
De todo serei atento já vem de costume
Mas seu perfume segue a direção do vento

Enquanto tento me encontrar nessa fumaça
Bem sonolento, parece coias ruim não passa
Constrangimento, tormento corrói igual traça
Vou pro arrebento, nem que não alcance a graça

O processo é, lento... passa
Sem consentimento amanhã quem sabe desembaça
A gente não disfarça, cem por cento na raça
Procedo no talento, e nos dias que ameaça

O dia nem era meu, e meu era o dia tio
Respondo que to bem só pra ser gentil
Com a mente a mil, o dim que não caiu
E os juros ta rolando mano, puta que pariu

Procuro ficar tranquilo respiro, ta tudo bem
As vezes não tenho dim, mas eu, ligo quem tem
Enfim nem dinheiro vai vem, pessoas de bem
Normal ficar sem

E fui pra rua, com paciência pra muda o quadro
Mas na sequencia tomou logo a porra do enquadro, pá
É mó sujeira, sim ja to zikado, vo toma um passe
Pra ficar purificado

Pensamentos ruins, coisas ruim atrai
Não vou pensar assim, me dá clareza pai
Sai ziquizira, sai ziquizira, sai!
Sai zika brava, sai zika brava, vai!

Hoje não deu mas talvez dê amanhã...
Alguma coisa eu senti, hoje quando acordei
Me questionei, refleti, de imediato pensei
Não era meu dia, não era meu dia...

Por mais difícil que possa parecer, sempre insista
As coisas só acontecem se a causa for legítima
Porque se for real e verdadeiro como tem que ser
Tranquilidade tem que permanecer

Hoje acordei de manhã, e tive a sensação
Que tudo ia dar certo, até uma ligação
Era minha nega cobrando falando um caminhão
Que eu era isso e aquilo, e nunca fui um leão

Deixa estar... talvez eu possa não ter entendido
Chô corre pra trabalha pra não ser demitido
O futuro das criança ainda não ta garantido
Deve ser isso que ela tenha se referido

Eu me refiro a ação, a cara do patrão
Comigo atrasadão, cheio de desculpa em vão
É que eu tava, é que eu fui, é que aconteceu...
Me desculpa negão, mas o problema não é meu

São varias fita que acontece sem sentido do nada
O dia na metade e eu na segunda mancada
Se eu contar pra alguém vão dizer que é piada
Só que hoje eu nem devia ter saído de casa

Hoje não deu mas talvez dê amanhã... ê!

Hoje não deu mas talvez dê amanhã...
Alguma coisa eu senti, hoje quando acordei
Me questionei, refleti, de imediato pensei
Não era meu dia, não era meu dia...

Vídeo incorreto?