Quando o facho dos teus olhos
Estebunga bem nos meus
Eu de cá fico pensando
Como seria meu Deus
Nós na solidão de um rio
Na sombra de um jatobá
Nós em pleno desafio
Brincando de se amar

Teu abraço no meu cheiro
Minha boca no teu mel
Meu calor no teu inferno
Teu prazer querendo o céu
No meu sonho eu imagino
Refazer tudo depois
Na mistura do desejo
Que nem um baião de dois

Olha pra mim, que eu gosto
Olha pra mim, que eu gosto
Só de pensar
Eu sinto o gosto do baião que dá

Vídeo incorreto?