Quando escurece eu já sei se hoje a noite quer
Deu dez da noite eu já virei um cão
A cidade mastiga, engole e me cospe na escuridão
E acontece que eu sou pro que der e vier
Quando eu começo eu vou até o fim
E no fim é matar ou morrer
Meia noite eu só quero viver!

E se eu rodasse sem parar
E não voltasse nunca mais?
E se eu subisse ainda mais
Se eu inventasse outro lugar?

Mas meu desejo é mais
Minha sede é mais
Até transbordar, me afogar
Mas meu impulso é mais
Minha sanha é tanta que cansa

E chama aquela, aperta um beck
Estica uma pra mim
Quem que ta aí? Quem vai chegar?
Eu quero ver no que é que dá
Hoje tem!
Manda mais!
Que a noite já vai raiar

Vídeo incorreto?