Ô Laura, a chuva cai lá fora
Mas mesmo assim sua alma quer sair
E chora, já não me dá ouvidos
Se esforça em ver partido meu coração
Por atenção, por egoísmo e por vaidade
Pela coragem que não possui
De se entregar
Fez o amor que sobrará se desgastar
Ô Laura, a tua pele cora
Mas já não é desculpa teu pudor
Se sofre em vê-la tão sozinha
Então já não és minha
Nem de ninguém
Mas hoje nem que eu quisesse evitar
A solidão desse teu olhar
Foi me buscar
Quis dizer, já é hora de eu te deixar
Laura, meu bem, como eu tentei te ver feliz
Não consegui, mas que essa canção te faça ver
Que o amor só existe pra quem viveu

Vídeo incorreto?