Ele nunca quis saber de nada
Ouvia qualquer coisa e sempre acreditava
Ela nunca quis andar descalça
Com medo de pisarem na unha encravada

Ele só fazia coisa errada
Ao menos era isso o que todo mundo achava
Ela quase sempre concordava
Nunca mudava opinião

Até que um dia ela falou:

Eu vou, eu vou fazer tudo de novo
Vou quebrar a cara, me esfolar e ainda dar risada!
Eu não, eu não, não vou pedir licensa
Vou chutar todas as portas até quebrar a certa!

Ele vivia reclamando de tudo
Nada ia muito bem, era mesmo o fim do mundo
Até que um dia alguma coisa aconteceu
E pra quem quisesse ouvir, ele gritou!


Eu vou, eu vou fazer tudo de novo
Vou quebrar a cara, me esfolar e ainda dar risada!
Eu não, eu não, não vou pedir licensa
Vou chutar todas as portas até quebrar a certa!

Vídeo incorreto?