Cuspo falácias displicentes em bocas pálidas
Insuficientes demais pra revidar
A este ataque verbal, semi-sub-liminar,
Que distribui respostas rápidas...

Infâmia, soberba, ingratidão
Des-racionaliza-se é convicção,
Nas línguas, desfeitas, sem significado algum,
Os sobrenomes incomuns...

Vai, segue assim, busca, então,
O teu lugar...
Vai, segue enfim,
Microcosmo a sangrar...

Carbonizei os bons costumes de tua moral sem ética,
Determinado em proclamar
O cinismo herdado de ninguém

E me livrei dos tais lamentos
De importância única,
Das lágrimas e injúrias
Impostas a nos castigar

Em força e alento, me fracionar
Nem sempre dividir é conquistar
Ostento, blasfemo o que quiser e só por mim
Pois por você não valho nada...

Vai, segue assim, busca, então,
O teu lugar de paz
Vai, segue enfim,
Microcosmo a sangrar...

Vídeo incorreto?