As pontes ultrapassam os horizontes
E os caminhos mais distantes são mistérios pra contar
Conjugo o verbo ser sem ser amado
E o erro atropelado encontra acerto em algum lugar

Escrevo num diário mentiroso
E a indução carnal traduz o certo em virtual
As cortinas da imaginação fugaz
Estão fechadas para nós com seus mistérios - Nada mais

E pra quê você não quis me olhar
Depois fugiu
Sem histórias pra contar
Sem me revelar

As pontes ultrapassam os horizontes
E os caminhos mais distantes são mistérios pra contar
Conjugo o verbo ser sem ser amado
E o erro atropelado encontra acerto em algum lugar

E pra quê você não quis me olhar
Depois fugiu
Sem histórias pra contar
Sem me revelar

Vídeo incorreto?