Eu dirijo o carro funerário


Quando essa liberdade mancha o meu casaco
Com o inverno na minha garganta
Quando eu estou perdido eu cavo a sujeira
Quando eu caio eu dirijo o carro funerário

E o silêncio é outra forma
De dizer o que eu quero
E mentir é uma forma
De ter esperanças que isso irá embora
E você sempre foi o meu erro...

Dado o tempo eu conserto o telhado
Dado o dinheiro eu falo a verdade

E silêncio é outra forma
De dizer o que eu quero
E mentir é uma forma
De ter esperanças que isso irá embora
E você sempre foi o meu erro...

Quando eu estou triste eu dirijo o carro funerário

Quando esse tédio me desgasta
Então o céu começa a nublar
Dormindo com a minha esposa
Quando ela chora eu assumo a culpa

E orgulho é apenas uma outra forma
De tentar viver com os meus erros
Negação é uma maneira melhor
De superar mais um dia
E o silêncio é outra forma
De dizer o que eu quero dizer
E mentir é outra forma
De ter esperanças que isso irá embora
E você sempre foi o meu erro...

Quando eu estou triste eu dirijo o carro funerário