Odeio te amar, mas te amo
Odeio chorar, mas eu choro
Dói lembrar de você e te ver como uma estranha
Se já dividimos sonhos e a mesma cama
Dói tentar te esquecer se o teu cheiro ainda me
assanha
Se ainda ouço a tua voz dizendo que me ama
Como vou fingir que não tivemos nada
Passar por você e não lembrar das madrugadas
Como vou fingir que eu não te conheço
Se eu sei mais de você que de mim
E sei que não mereço
Odeio te amar, mas te amo,
Odeio chorar, mas eu choro
Odeio chamar, mas te chamo
Não foi engano, eu te adoro!

Vídeo incorreto?