É, quantas vezes pensou que era forte
Se achando seguro, o inimigo o fez tropeçar.
Deixou-se envolver, se esqueceu dos conselhos que sempre
Firmaram seus passos
Lhe deram vitórias sem fim ...
E agora caído
Doído de corpo, de alma e de tudo ...
Amigos à parte
Portas fechadas
Amores partidos, pedaços ao chão ...
E ali escondido, isolado
Ouvindo a conversa do acusador ...
Curtindo a vergonha no escuro
Agora inseguro sem nenhum valor ...
Do fundo do poço
Movido por graça e amor
Derrama-se diante de Deus, seu Senhor
Confessando o pecado, suplicando perdão
Do fundo do poço
Movido por graça e amor
Derrama-se diante de Deus, seu Senhor
Confessando o pecado, suplicando perdão
E Deus ouviu seu clamor
E estendeu-lhe a mão ...
Restaurou seu coração - você já pode ir
E Deus ouviu seu clamor
E estendeu-lhe a mão ...
Restaurou seu coração - você já pode ir
Lavado no sangue de Cristo - você já pode ir
Lavado no sangue de Cristo - você já pode ir.

Vídeo incorreto?