Senhor Jesus, eu não entendo espinho
Mas se a cruz, é o fim deste caminho,
Dá-me mais graça
Não sou maior que o meu Senhor,
Apenas servo sou
Apenas servo e nada mais,
Se as pontas aguçadas da coroa
Te feriram, ó cabeça,
Eu que sou corpo, parte de teu corpo,
Não devo reclamar

Dá-me mais graça, Senhor!
Dá-me mais graça!
Passa os teus dedos nos meus olhos,
Vem me consolar,
Dá-me mais graça, Senhor!
Dá-me mais graça!
Faze-me em Cristo outra vez,
Ser mais que vencedor.

Senhor Jesus, ainda não entendo o espinho
Mas, se o mesmo faz parte de tua cruz,
Eu o aceito

Não sou maior que meu Senhor
Apenas servo sou
Apenas servo e nada mais
Senhor, se estou por Ti sendo provado,
Eu quero aprovado ser agora
Sei o que tens a dizer
E creio nisto também!
Basta-me a graça!

Vídeo incorreto?