É nois mesmo vagabundo!(demoro o loco)

Firmão!

Você está nas ruas de São Paulo,
Onde vagabundo guarda o sentimento na sola do pé,
Né pessimismo não,
É assim que é,
Vivão e vivendo guerreiro tirachifra
É o doce veneno,(shiiiiii)

Viajei voltei pra você
Voltei pelos loko,
Voltei pelos pretos
E pelas verde conseqüentemente.

Meu Deus!
É quente!(haha)
É desse jeito.

Ei você sonhador
Que ainda acreditar,
Liga nóis.

Eu tenho fé amor e afeto
No século 21.
Onde as conquistas científicas,
Espaciais, medicinais,
E a confraternização dos homens
E a humildade de um rei,
Serão as armas da vitória para a paz universal.

Ei pé de breque,
Vai pensando que tá bom.
Todo mundo vai ouvir,
Todo mundo vai saber.

(tem que ser vagabundo,
Tem que ser vagabundo,
Tem que ser...)

Se eu me perco na noite
Eu não me acho no dia,
Ei tentação dá estia.

Faz assim com o meu coração,
Minha mente é um labirinto
E meu coração chora,
Chora agora, ri depois!(haha)

Vem comigo nego,
Vem comigo nego.

Tá tudo ai pra nóis,
É só saber chegar.

Vem comigo nego,
Vem comigo nego.

Com Deus no coração,
O resto nois resolve
Ó ligaro nóis, demorô!

Simbora!

Vídeo incorreto?