Noite fria e o silêncio me acompanha ao caminhar
A estrada me conduz, a noite é longa, vou chegar.
Possibilidades nulas. E o cansaço é em vão,
Tudo o que eu digo e faço não me afasta da solidão.
Quis assim, escolhas e atitudes sem razão.
Vive assim, distante de uma vida tão normal.
Ainda bem que não morreu, fingindo, acreditando nisso
Tudo em prol de uma ilusão.
Agonia do momento começa a me assombrar,
Vozes em minha cabeça não param de atormentar.
O que eu digo é estranho, não tente entender
Como posso amarrado numa cama adormecer.

Vídeo incorreto?