Não vou ficar calado, chamei você pra ver
Todos esses problemas, difíceis de entender
Atrás de cadeados, buscando respirar
Vou correndo
O que me importa é poder despertar

Pode parar que a usina tá ligada
Rádio-ativus tá chegando na parada

Silêncio absoluto, zero de reação
Quero falar da vida, cadê proclamação?
Falando em dinheiro: não posso mais ficar
Parado nesse mesmo canto
O que importa é lutar

Pode parar que a usina tá ligada
Rádio-ativus tá chegando na parada

E todo dia a noite chega não consigo dormir
Escondo cada anotação que escrevi por aí
Já tô cansado de viver sempre nesse duelo
Até a sola do meu pé - ficou amarelo!

Tô nem aí se me chamarem de desconfiado
Já tem terninho me tirando de otário
Respeito é bom e eu sempre gosto
Te fuzilo de idéias e ainda fico sem remorso!

Vídeo incorreto?