parararara paparara paparararara parara
parararara paparara paparararara parara

Um viajante do tempo caiu, feito um cometa na porta de casa,
Um viajante que veio dizer, sobre o futuro entre eu e você,
Disse que um dia iremos estar, numa casinha na beira do mar,
Você na varanda olhando pro véu, caminho da lua nas águas do céu,
E eu namorando teus olhos azuis, que no meu caminho sempre foram luz,

parararara paparara paparararara parara

O viajante também me falou, que nada nunca então nos faltou,
Um dia notamos a casa vazia, e uma decisão que a encheu de alegria,
Tivemos um filho e logo um casal, tantas roupas juntas no nosso varal,
Você chamando pra ir almoçar, e eu ensinando as crianças nadar,
Uma vida simples tão cheia de amor, premio de um passado tão cheio de dor,
parararara paparara paparararara parara

Vivo hoje o tal passado sim, cheio de dor, mas agora com vc eu conheci o amor,
E essa dor então se vai, quando você sorri pra mim, e o futuro foi assim.

paparararara para
parararara paparara paparararara papa

Vídeo incorreto?