De joelhos estou, mais uma vez
De joelhos estou, Senhor
Para te pedir ajuda-me
Ajuda-me a vencer todo o mal
Concede-me a paz, Senhor
A tua paz

Tenho uma inexplicável vontade de sentir
Que tenho o Teu perdão
Pois nas garras do mal eu senti
Quão distante estava de Ti
Oh, Deus, quanto eu preciso sentir o Teu calor
Ouvir a Tua voz

Senhor, eu sinto uma incontrolável vontade de mudar
Vontade de viver a vida em retidão
Ajuda-me a caminhar na Tua direção
Dá-me força, segura a minha mão
Sei que me podes curar-me, Senhor
Sei que me podes curar-me

Eu me entrego a Ti, Senhor
Eu reconheço a minha posição
Concede-me a paz
A tua paz

Eu entrego a Ti Senhor a minha vida
Eu entrego a Ti tudo o que sou
Renova meu ser e faz de mim um vaso novo
Quebra e molda meu interior
Dá-me um novo coração
Concede-me a paz
A Tua paz, Senhor

Tu és Cristo
Rei do meu coração
Minha luz
Meu amparo
Morto lá na cruz
Te entregaste e me libertaste
Tomaste o meu lugar
Sofreste em meu lugar
Por amor
Por amor
Teu sangue me lavou
O Teu amor me conforta
Tu és precioso para mim

Enquanto eu viver, Senhor
Teu santo Espírito viverá em mim
E meu alimento e pão
Serão para sempre a fé e a oração
Tu és o meu viver.

Vídeo incorreto?